associação do porto de paralisia cerebral

Procura

A APPC é membro da Federação das Associações Portuguesas de Paralisia Cerebral e membro da International Cerebral Palsy Society

 

CAO Ambulatório

Atividades Regulares

 

LAZER

Boccia Diariamente

Tricicleta 3ª e 6ª feiras

Natação Adaptada 4ª feiras

Hipoterapia 2ª feiras

 

ATIVIDADES ARTÍSTICAS

“Era uma vez…teatro” Diariamente

Appsound 5ª e 6ª feiras

Hip-Hop 6ª feiras

Escrita Criativa 6ª feiras

 

ATIVIDADES SOCIALMENTE ÚTEIS
PLANOS OCUPACIONAIS

Jardinagem Diariamente

Serviços Gerais e Manutenção Diariamente

Serviços de Copa e Cozinha Diariamente

Lavandaria Diariamente

 

Workshop de Iniciação à Escrita Criativa

Local de realização: Centro de Reabilitação da APPC

Período de realização: Uma vez por semana, duas horas por sessão

Capacidade máxima prevista de participantes: 4

 

Aprender a olhar, observar e escrever sobre factos vividos e conhecidos.

Desenvolver a inteligência linguística através do enriquecimento vocabular e do aperfeiçoamento da escrita. Brincar com a escrita, de forma que o participante consiga desenvolver uma escrita sensorial a partir de vários estímulos.

topo

 

Hip-Hop – Música – composição e criação de letras

Local de realização: Centro de Reabilitação da APPC

Período de realização: Uma vez por semana, duas horas por sessão

Capacidade máxima prevista de participantes: 4 clientes

 

Esta atividade tem como objetivo a composição e criação de letras nesta área musical, bem como a aquisição de conhecimentos técnicos.

topo

 

Carpintaria

Local de realização: Carpintaria no Centro de Reabilitação da APPC

Período de realização: Diariamente

Capacidade máxima prevista de participantes: 4

 

A atividade tem como objetivo a capacitação e experiência dos clientes do Centro de Atividades Ocupacionais Ambulatório na arte da marcenaria/carpintaria, promovendo um ambiente que permite a aquisição de competências, de modo a manter um padrão de participação ocupacional. Com o apoio e orientação do Terapeuta Ocupacional, ao trabalhar, os clientes terão a oportunidade de desenvolver um sentido de competência e satisfação, bem como desenvolver as capacidades necessárias para alcançar o êxito no local de trabalho. A atividade irá permitir aos clientes assumir o papel de carpinteiro em um contexto de trabalho onde estão presentes as demandas e expetativas, bem como a identidade social do papel. As metas a alcançar na atividade são: • Identificação de matérias-primas, materiais, ferramentas e maquino-ferramentas; | • Realização de medições e traçagens; | • Realizar operações de transformação; | • Realizar operações de limpeza e manutenção de ferramentas e maquinoferramentas; | • Conhecimento de regras de higiene e segurança na oficina.

topo

 

IVD – Tarefas domésticas

Local de realização: Centro de Reabilitação ou Casa da Maceda

Período de realização: Uma vez por semana, duas horas por sessão

Capacidade máxima prevista de participantes: 4

 

Esta atividade destina-se a clientes com competências para desempenhar tarefas com o mínimo de ajuda e com competências de aprendizagem que lhes permitam adquirir e/ou desenvolver novas competências. Pretende-se promover o máximo de autonomia dos nossos clientes em atividades da vida diária instrumentais e proporcionar-lhes um maior número de oportunidades de participação em atividades de lazer, nomeadamente na confeção de pequenas refeições, limpezas domésticas ou cuidados e manutenção da roupa.

topo

 

Planos Ocupacionais

Local de realização: Instalações da APPC

Período de realização: De 2.ª a 6.ª no período compreendido entre as 08h00 e as 18h00.

Capacidade máxima prevista de participantes: 5

 

Atividades de apoio integrado no âmbito da ação social. O objetivo destes planos é promover a valorização pessoal e a integração social de pessoas com deficiência de forma a permitir-lhes o desenvolvimento possível das suas capacidades sem qualquer vinculação a exigências de rendimento profissional ou de enquadramento normativo de natureza jurídico-laboral.

topo

 

Natação (Adaptação ao meio aquático)

Local de realização: Piscina de Cartes

Período de realização: 4.ª feira das 14h00 às 14h30h e das 14h30 às 15h00

Capacidade máxima prevista de participantes: dois grupos (de 5 clientes)

 

A utilização de um meio envolvente facilitador faz com que as atividades aquáticas sejam cada vez mais uma atividade de eleição para as pessoas com deficiência. A Natação Adaptada surge como um excelente reforço às terapias tradicionais, permitindo não só a adaptação ao meio aquático, mas também, o desenvolvimento de capacidades motoras, cognitivas e sociais. Todos os participantes deverão assegurar o apoio ao nível das AVDs e acompanhamento dentro de água.

 

 

topo

Hipoterapia

Local de realização: Centro Hípico de Gondomar

Período de realização: Uma vez por semana

Capacidade máxima prevista de participantes: 6

 

A hipoterapia é um método eficaz no que concerne a uma melhoria das competências gerais dos indivíduos, visto englobar a atividade física, a relação e interação entre o indivíduo e o ambiente envolvente e planeamento e criação de estratégias. O movimento cadenciado do cavalo educa a mente e predispõe o indivíduo a outras atitudes, maior atenção, melhor equilíbrio e coordenação. Através da experiência viva e vivida com o cavalo a pessoa pode criar para si vários motivos para começar, continuar, modificar, aumentar ou permanecer na sua trajetória única e intransferível da arte de viver. O programa de Hipoterapia é essencialmente de reabilitação, indicada para praticantes com disfunções neuromotoras de origem neurológica, traumática ou degenerativas. No cavalo há a transmissão de um padrão de marcha tridimensional idêntico ao padrão de marcha humano. Este princípio adquire especial importância na hipoterapia no tratamento de disfunções neuromotoras como a paralisia cerebral, permitindo restabelecer a flexibilidade e elasticidade dos ligamentos pélvicos e proporcionar um balanço dinâmico do tronco e cabeça até à sua estabilização.

topo

 

Petra / Tricicleta

Local de realização: Estádio Municipal da Maia

Período de realização: 2.ª das 14h00 às 16h00

Capacidade máxima prevista de participantes: 6

 

Esta atividade destina-se a pessoas com Paralisia Cerebral, praticada em pista de atletismo, com benefícios terapêuticos. Nesta modalidade os atletas correm com os pés, num equipamento com três rodas e três apoios. Os atletas são classificados de acordo com normas específicas, determinadas pela CP-ISRA, em que as competições são mistas com distâncias que entre os 100, 200, 400 e os 800 metros. Pretende-se que os clientes aumentem a sua autoestima e melhorem as suas competências para que possam participar nos campeonatos Nacional e no do Mundo de Tricicleta.

topo

 

Boccia

Local de realização: Campo de Boccia do Centro de Reabilitação

Período de realização: de 2.ª a 5.ª feira das 09h00 às 12h00 e das 14h00 às 16h00, e 6.ªs feiras das 09h00 às 12h00;

Capacidade máxima prevista de participantes: 20

 

Modalidade com características específicas para os clientes com Paralisia Cerebral e com grandes incapacidades. O objetivo é criar laços de amizade e aumento da autoestima e assim permitir a todos os participantes o desenvolvimento das suas capacidades de jogo, de forma a serem integrados em grupos de recreação/lazer ou grupos de competição e alta competição.

topo

 

Plano de Atividades

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Regulamento

 

topo

Contactos

 

APPC PORTO

MACEDA

Travessa da Maceda, 150
4300-310 Porto
T. 225 191 413 F. 225 191 413
caomaceda@appc.pttopo